“É preciso acabar com a violência doméstica para sempre”, diz dirigente da CTB

Por Marcos Aurélio Ruy. Foto: Luciana Marques

O Brasil que já é um dos países com maior número de crimes relacionados a questões de gênero, assiste a um crescimento assustador da violência doméstica em meio ao isolamento social para impedir a disseminação acelerada da Covid-19.

De acordo com a Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, em abril houve um aumento de 28% de denúncias de agressões a meninas e mulheres dentro de casa.

“Num país onde uma mulher é agredida a cada dois minutos, ver esse número crescer apavora e aumenta a nossa responsabilidade em exigir medidas para pôr fim a esse tipo de crime”, afirma Celina Arêas, secretária da Mulher Trabalhadora da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

Continuar lendo ““É preciso acabar com a violência doméstica para sempre”, diz dirigente da CTB”