Morre de Covid 19 – Jesus Chediak – Membro da Red de Intelectuais, artistas e movimentos Sociais em Defesa da Humanidade – Brasil

Produtor de cinema, diretor teatral e jornalista estava internado na segunda-feira (4). Chediak era diretor de Cultura da ABI e curador de secretaria do Governo do RJ.

Atualizado 2020-05-08T21:27:16.470Z 

Eu, como centenas ( talvez milhares) conheceram Jesus Chediack. Eu, pessoalmente, o conheci em Vila Isabel, morador ali, através de seu irmão mais moço- Almir Chadiack, excelente violonista colhido, ainda jovem, por uma morte hedionda- numa daquelas andanças mundanas pelas ruas do bairro de Noel Rosa. Mas, eram tempos difíceis, muito difíceis ali pelo início dos anos 70. Chediack, como todos nós o tratávamos, era multiplo. Com imensa energia buscava variadas formas de expressão – teatro, cinema, jornalismo- e sempre antenado na cultura e fundado em valores profundamente humanos e agindo com clareza e dignidade. Foi um militante não de um partido, embora tivesse a empatia de todos o campo progressista. Com ele, estive no PDT, logo no início do governo Brizola. Depois em sucessivos setores da administração pública, estava sempre a levar adiante metas e projetos culturais. Cultura plena o movia, não raro em dificuldades como sempre neste país. Há pouco perdemos Moraes Moreira, Aldir Blanc, Flavio Migliaccio. Hoje perdemos Jesus Chediack. Quisera que algum dia possa esse pais não se tornar um deserto de pessoas querida e fundamentais como estes. Um grande abraço, amigo Jesus Chediack.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s