Convocatória à XVII edição do Prêmio Pensar a Contracorriente e à VIII do Prêmio Especial Una Especie en Peligro

No intuito de reconhecer e difundir o pensamento crítico sobre as questões e desafios mais urgentes do mundo contemporâneo, com perspectivas de amplo sentido anticolonial e antiimperialista para contribuirem a articular uma teoria política, econômica e jurídica emancipadora, um pensamento comprometido com os assuntos cruciais do meio ambiente e contra os efeitos devastadores do modelo capitalista hegemônico, na ordem material e espiritual; o Ministério de Cultura de Cuba, o Instituto Cubano do Livro, a Rede de Intelectuais em Defesa da Humanidade e a Editorial Nuevo Milenio (Novo Milênio), CONVOCAM à XVII edição do Prêmio Pensar a Contracorriente (Pensar a Contracorrente) e a VIII edição do Prêmio Especial Una especie en peligro (Uma espécie em perigo).

Como alternativa ao silenciamento e a marginalização que sofre o pensamento emancipador nos grandes circuitos de reprodução hegemônica e dominação social e intelectual, e face os imensos desafios que a humanidade deve defrontar pela desumana deterioração de seu entorno, o Prêmio Pensar a Contracorriente e o Prêmio Especial Una especie en peligro tencionam contribuirem ao desenvolvimento de idéias, análise e propostas dinâmicas no domínio das Ciências Sociais, a Cultura e o Universo científico-técnico. Nesse âmbito convoca à diversidade de perspectivas e olhares, bem como à confrontação com as bases dos sistemas hegemônicos de pensamento dentro da nova geopolítica internacional.

Desta vez comemoramos 125 anos da morte em combate do apóstolo da independência de Cuba José Martí e o XLV aniversário do fim da guerra no Vietnã; fatos que representam itens de referência na luta e resistência face o colonialismo e o imperialismo.

  1. Poderão participar autores de qualquer um dos países com um ensaio inédito, em espanhol, português, inglês, francês (ou traduzido para alguma dessas línguas) que não deve estar comprometido para sua publicação nem ter auferido prêmios noutros concursos.
  2. O ensaio não deve ter menos de 20 páginas nem exceder as 40. Uma lauda está composta por 1800 caracteres (30 linhas de 60 caracteres a cada uma) para um total plausível de 36 000 a 72 000 caracteres.
  3. A bibliografia e as notas devem conter todos seus elementos e serem ordenados com rigorosidade.
  4. Não será aceite mais de um artigo por autor.
  5. O ensaio deve ser enviado antes de 31 de dezembro de 2019 em arquivo anexo (preferentemente.rtf, embora também.doc., ou em ficheiros de formatos abertos, como odt) apenas uma cópia e uma mensagem, devidamente identificada com o nome completo do autor, idade, cartei- ra de identidade ou cédula e endereço atual, país, assim como uma síntese de seu currículo vitae, para o endereço eletrônico: contracorriente@cubarte.cult.cu. O autor deve receber confirmação da recepção de seu trabalho por parte do coordenador do concurso, para dar como notificada a participação de seu texto no concurso.
  6. Um prestigioso júri internacional realizará a avaliação e premiação dos trabalhos desconhecendo nomes e nacionalidade dos concursantes.
  7. O primeiro lugar de cada um dos prêmios (Pensar a Contracorriente e Una especie em peligro) receberá um diploma acreditativo e 1 000. 00 euros. Caso o premiado for de nacionalidade cubana, se realizará a conversão ao peso cubano conversível.
  8. Com similar reconhecimento e estímulo material o júri outorgará, aliás, o Prêmio Especial Una especie en peligro, que completa sua oitava edição, ao ensaio que melhor abordar os perigos e conseqüências da crise  ecológicagerada pelo modo capitalista de produção e ao texto que melhor contribuir e analisar propostas concretas de alternativas anticapitalistas de desenvolvimento em harmonia com a natureza.
  9. O júri poderá conceder até dez menções entre ambos os prêmios, sem que isso implicar retribuição monetária.
  10. A Editorial Nuevo Milenio, sob seu selo de Ciencias Sociales (Ciências Sociais), publicará os trabalhos premiados e as menções em formato digital (ebook). O Instituto Cubano do Livro se reserva os direitos da primeira edição dos textos participantes, reserva válida durante um ano contado a partir do fechamento da convocatória, sem que isso representar retribuição alguma por conceito de pagamento de Direito autoral.
  11. A decisão do júri será inapelável e se dará a conhecer em Havana durante o mês de fevereiro de 2020, em cerimônia especial que se organizará no àmbito da 29ª Feira Internacional do Livro de Havana, Cuba; a decorrer entre os dias 6 e 16 de fevereiro de 2020.
  12. A participação no Concurso implica a aceitação destas bases.

Escritório do Prêmio  Pensar a Contracorriente

Editorial Nuevo Milenio, Havana, Cuba

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s